10 Maneiras de evitar o desperdício de alimentos

chegou a hora de evitar o desperdício de alimentos

Você sabia que no Brasil os consumidores contribuem com cerca de 10% do desperdício de alimentos dentro da cadeia logística, que envolve também a produção, distribuição e armazenamento dos alimentos? Se você quer reduzir e evitar o desperdício de comida mas não sabe por onde começar, aqui é o lugar certo!

Separamos 10 dicas que te ajudarão a repensar em seu modo de consumo e descarte dos resíduos orgânicos. Prepara-se para a mudança!

  1. Congele os alimentosDescascar e congelar os alimentos podem fazer com que eles durem muito mais tempo! E ainda facilita o seu dia a dia tendo as verduras e legumes separadinhos e congelados, prontos para consumo. Você terá sempre aquela refeição rápida e prática. A dica é lavar os alimentos que serão congelados, descasca-los e deixa-los picados. E, além disso, separar sempre um dia da semana para organizar a sua geladeira, assim poderá separar a comida para a semana inteira!
  2. Alimentos maduros também servem!

    Sabe aquela banana que parece que não serve mais? Que tal congelar e depois fazer um smoothie ou uma vitamina? Ah, isso serve para qualquer fruta! Além disso, as frutas maduras podem virar diversas receitas como pão, bolo, sobremesa. Use a sua criatividade, só não desperdice o seu alimento!
  3. Utilize os talos e cascas para novas receitas

    Sabia que existem receitas incríveis com os talos e as folhas das hortaliças ? Sopas, tortas… humm! Pode-se aproveitar praticamente tudo das verduras e frutas, até mesmo as sementes. Quer tentar algo novo? Tente essa receita de bolo de casca de banana, uma delícia! Prova e conta pra gente! =)
  4. Faça suco ou polpa com as frutas passadasQuando pensamos em suco, vem uma salada de fruta na cabeça! Morango, maça, uva, laranja. Uma infinidade de opções. E que tal congelar a polpa das frutas, para que se faça um melhor aproveito delas? Assim, terá um suco saboroso, mantendo os nutrientes, e de modo prático! E as cascas das frutas podemos fazer produtos caseiros biodegradáveis, hidratantes e até mesmo transformá-los em adubo!
  5. Compre menos e com mais consciência

    Antes de ir à feira ou ao mercado, veja a sua geladeira e a dispensa. Assim, você poderá compreender o que é necessário comprar e pensar da forma mais consciente de consumo. Pense sempre se você precisa daquilo. O ideal é realizar pequenas compras, nem que as mesmas sejam diárias, para que se compre somente o necessário. Evite compras mensais, compre semanalmente o que supre a sua necessidade. Faça sempre uma lista dos itens que você precisa antes de sair de casa! Compre sempre com consciência.
  6. Reaproveite os restos de comida do dia anterior

    Segundo um estudo realizado pela Organização para a Agricultura e Alimentação (FAO), da ONU, mais de um bilhão de toneladas de comida vira lixo todos os anos no mundo todo. No Brasil, estima-se que cerca de 30% dos alimentos produzidos vai para o lixo e sem nenhum tipo de reaproveitamento. E isso ocorre porque as pessoas não sabem como reaproveitar a comida do dia anterior e preparar novos pratos, o que pode ser ainda mais prático do que começar do zero. Para isso, basta um pouquinho de criatividade e boa vontade.
    Diante disso, aproveite aquele feijãozinho do dia anterior, coloque as sobras da comida em potes de vidro ou plásticos, e opte por consumi-los do modo que achar mais saboroso! Opte sempre por não desperdiçar os seus alimentos!
  7. Faça a sua própria compostagemTer uma composteira caseira é um ótimo jeito de reduzir a quantidade de lixo que iria para os aterros e também uma forma de mudar a sua relação com o lixo que você produz!
    A compostagem é um processo biológico de transformação dos resíduos orgânicos em adubo. Através desse processo, os alimentos por meio da ação de micro-organismos e, com a ajuda de minhocas, transformam os restos de frutas, legumes e verduras em um rico adubo, tanto líquido (chorume), como sólido (composto orgânico).
    Faça a sua em casa reaproveitando baldinhos de margarina! [site http://ciclovivo.com.br/noticia/aprenda-a-fazer-uma-composteira-caseira-reutilizando-baldes-de-margarina/]
  1. Diga não ao olho grande: sirva o suficiente para a sua refeiçãoComa sempre o suficiente. Opte por pedir meias porções em restaurantes, assim você percebe se está com a fome saciada ou não. E ainda evita o desperdício de comida. Caso sobre, peça para embrulhar e leve para casa ou doe para alguém. Não sinta vergonha de pedir a comida para viagem, afinal você pagou pela refeição e é um direito seu. Além disso, tenha essa consciência em sua casa, às vezes estamos com muita fome e colocamos muita comida no prato, e no final, comemos metade e o resto é jogado fora. Não jogue comida fora!
  2. Coma frutas e legumes “feios”

    Uma grande quantidade de frutas e vegetais é desperdiçada pela sua forma, tamanho e cor. E isso acontece todos os dias. Comprando estas frutas, você vai consumir alimentos que iriam ser jogados no lixo e ainda paga menos as comprando. Diante disso, desperdiçar comida também é desperdiçar água, terra, recursos financeiros!!! Juntos podemos reduzir essa quantidade absurda de comida jogada fora todos os dias. As perdas e desperdício com alimentos no Brasil somam 40 mil toneladas por dia, segundo Viviane Romeiro, coordenadora de mudanças climáticas do World Resources Institute (WRI) Brasil .

  1. Ajude quem precisa

    Um prato de comida pode ser tudo para alguém que não tem nada! Se você tem demais, que tal ajudar quem tem de menos? E se ao invés de jogar comida fora, ela fosse doada para uma pessoa que esteja em condições desumanas na rua, ou até mesmo sendo doada para alguma instituição. Pode ser um prato de comida ou 2kg de arroz. Isso depende de você. Ajudar ao próximo também é uma forma de amor. Não deixe alimento algum estragar!

Você sabia que de cada três quilos de alimentos produzidos no mundo, pelo menos um é jogado fora? Vai para o lixo todos os anos 1,3 bilhão de toneladas de comida que poderia ajudar a alimentar 795 milhões de pessoas que passam fome! Seja a mudança. Repense, Reduza, Reutilize e Recicle. Compartilhe com a gente as suas experiências!

Deixe a sua história em nossos comentários! ♥Fonte: Arquivo Ciclo Orgânico

Autor:
Thamyris Soliva
Sobre:
Thamyris Soliva, 24 anos, carioca e apaixonada pela natureza e animais! Publicitária em formação pela Universidade Veiga de Almeida, namorada do Lucas e mais um braço do Ciclo Orgânico desde 2015.
Mais artigos de: Thamyris Soliva

2 Comments

  1. Alem de compostagem uso o oleo de cozinha usado, que em contato com a água causa um sério dano (1 litro de óleo estraga 25 mil liyros de água), armazenando em garrafas pet (que tb seriam jogadas fora) e obtenho biodisel que serve para acender lareiras, churrasqueiras, lamparinas e fogareiros etc… tecnica de sobrevivencialismo, óleo de cozinha usado tem mto valor

  2. Adorei essa matéria Thamyris. Através da conscientização é que vai ser possível desperdiçar tanto alimento. Pena que não se vê matérias como essas na grande mídia.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Assine a nossa newsletter

Cadastre-se para receber mais informações e ficar por dentro de todas as nossas novidades!