Como podemos salvar os oceanos?

Por ano, mais de 25 milhões de toneladas de lixo acabam parando nos oceanos. Se a poluição continuar nesse ritmo, em 2050 haverá mais plástico no mar do que animais! E não só os animais sofrerão com isso, pois aproximadamente 3 bilhões de pessoas atualmente dependem de áreas marinhas e costeiras para subsistência, incluindo comércio, turismo, pesca e transporte.

Para se ter noção do quanto os oceanos são primordiais para o planeta e os humanos… Eles são responsáveis pela circulação atmosférica, eles regulam a temperatura no planeta, e ainda abrigam os planktons, responsáveis por metade do oxigênio no planeta, dentre outros benefícios.

Evite jogar óleo no ralo da pia

O óleo que você joga na pia acaba parando nos oceanos e poluindo. Uma vez nos mares, ele permanece na superfície impedindo a entrada de luz e oxigênio e causando a morte de animais, dentre eles os fitoplânctons que possuem enorme importância no ecossistema.

Use copos e garrafas reutilizáveis

90% do lixo dos oceanos é de plástico e grande parte deste material são garrafas d’água. Apenas 9% de todo plástico produzido no mundo foi reciclado, no Brasil, 4º maior produtor de lixo plástico, esse numero é ainda menor, apenas 3% é reciclado. E este material demora até 450 anos para se decompor na natureza. Assim sendo, opte por garrafas e copos reutilizáveis. Nossa dica são os copos retráteis de silicone do projeto Menos1Lixo!

Mais formas de evitar o plástico

Sempre que for ao mercado ou a feira opte pelas ecobags; dê preferência aos produtos que vêm em embalagens de vidro ou papel; use canudos de inox; use cotonetes de papel; compre a granel!

Use esfoliantes naturais

Confira nas embalagens dos esfoliantes a composição química. Se você encontrar os nomes polyethylene ou polypropylene saiba que está poluindo os mares assim que o produto escorre pelo ralo da pia. Trata-se de substâncias que possuem microplástico que acabam sendo ingeridos por animais marinhos levando a morte. Lembrando que o microplástico também é nocivo aos humanos quando entra em contato com nosso corpo. Seguem dicas de produtos sem substâncias tóxicas!

Protetor solar biodegradável

Se o produto tiver a substância oxibenzona em sua composição, saiba que ela afeta os corais quando passa do corpo humano para o mar, causando embranquecimento destes seres e afetando ecossistemas, uma vez que muitos animais dependem dos corais. A marca Avène criou uma linha de protetores biodegradáveis, chamada Skin Protected, Ocean Respect. Outra dica é a PureSun – https://www.puresun.com.br/

Embranquecimento dos corais

Deixe a praia limpa

Uma atitude bem simples é levar um saco de lixo para não sujar a praia, e também recolher o que achar jogado na areia por outras pessoas. Mas você pode ir além e organizar mutirões para limpar em grupo.

Apoie organizações

Você pode apoiar projetos financeiramente ou então oferecer trabalho voluntário. Conheça alguns projetos:

Route Brasil: nascida em 2011 em Florianópolis, a ONG já realizou mais de 200 mutirões de limpeza de praias e já reuniu mais de 20 mil pessoas. O projeto agora é expandir “organizações filhas” nos EUA, Portugal e Indonésia.

Onda Verde: em Ubatuba-SP, todos os últimos domingos do mês são recrutados voluntários para promover mutirão de limpeza das praias locais.

Parley for the Oceans: a organização internacional atua de forma colaborativa para a conscientização sobre a beleza e fragilidade dos oceanos. Entre as diversas frentes e projetos, a luta contra a poluição por plásticos dos oceanos é uma das principais. Através de ações educativas e de impacto, como palestras, mutirões de limpezas, oficinas, a organização busca compartilhar conhecimento, inspirar e criar a mudança que precisamos para proteger os oceanos! – https://linktr.ee/parleybrasil

Não jogue bitucas de cigarro no chão

Sim, as bitucas de cigarro possuem diversas substâncias químicas capazes de dizimar milhares de peixes, tanto de água doce quanto salgada.

Cuidado com produtos de limpeza

Detergentes dificultam a dissolução do oxigênio nos mares, limpadores multiusos afetam plânctons e crustáceos, e água sanitária contém metais pesados! A boa notícia é que existem diversas receitas caseiras totalmente sustentáveis. Confira o nosso post sobre elas!

Reduza emissões de carbono

Aproximadamente 25% das emissões de carbono são absorvidas pelos oceanos e uma das consequências é a acidificação das águas. Portanto, pratique todas as medidas que você já conhece para evitar emissões deste gás (ex: energias sustentáveis, meios de transporte limpos e reduzir consumismo)

Consuma espécies capturadas de forma sustentável

A demanda mundial por alimento é crescente e um dos impactos nos oceanos é a sobrepesca. O que acontece é que muitas espécies são capturadas sem que haja tempo para se reproduzirem e reporem suas quantidades ideais para a manutenção do ecossistema. Por isso busque saber a procedência dos peixes que você consome e opte pelos que foram capturados e criados de forma sustentável.

Informe-se sobre o assunto

Algumas de nossas atitudes incorretas, no caso a respeito da poluição dos mares, são causadas por falta de informação. Além desse artigo, você pode saber mais sobre como salvar os oceanos assistindo a documentários no Netflix, Amazon Videos e Youtube. Assim sendo, escolhemos alguns filmes interessantes:

Oceanos de Plástico (Netflix)

O filme fala como se formam as ilhas de plástico nos oceanos além de como os peixes se contaminam, levando a morte deles e a contaminação de quem os consome como alimentos. Você sabia que a Grande Mancha de resíduos do Pacífico é maior do que o estado do Texas?

Sharkwater: extinction (Amazon Prime Videos)

A população de tubarões reduziu cerca de 90% nos últimos 30 anos e o documentário explora como isso vem acontecendo.

Em busca dos corais (Netflix)

O aumento da temperatura dos oceanos é um dos fatores que vêm causando a morte dos recifes de corais que são tão importantes para o ecossistema marinho.

Uma informação importante sobre óleo de cozinha

Quem for cliente do Ciclo Orgânico, ou morar na região de Botafogo, poderá trazer gratuitamente sua garrafa de óleo de cozinha até o nosso escritório e junto com a Pac Óleo, daremos uma destinação adequada para o mesmo. Nós ficamos na Rua Hans Staden, 10 – Loja C, Botafogo.

Além disso, caso não possa levar até o nosso escritório em Botafogo, você poderá contratar o serviço de coleta domiciliar da Pac Óleo. E nesse caso, quem for cliente do Ciclo, terá 50% de desconto no serviço de coleta residencial do óleo!

Gostou da ideia? Saiba mais ou faça o cadastro através do perfil da @pacoleorj ou no link: http://bit.ly/ParceriaCicloPacOleo

Você é novo por aqui?

Seja bem-vindo ao nosso blog! Somos uma empresa de coleta e compostagem de resíduos orgânicos em que transformamos lixo em fonte de vida! Trabalhamos com um esquema de assinaturas em que o cliente recebe um baldinho para separar seus resíduos e passamos de bicicleta em sua casa para coletar. Uma vez por mês você ganha diversas recompensas como o nosso super composto orgânico produzido a partir dos resíduos!

Agradecimento: Juliana – Parley for the Oceans (@ju_nas.mares / parley.tv)

Referências

capricho.abril.com.br/comportamento/9-maneiras-de-ajudar-a-salvar-os-oceanos-sem-sair-de-casa/

hnatgeo.pt/meio-ambiente/2018/06/10-formas-de-contribuir-para-salvar-os-oceanos

natgeo.pt/meio-ambiente/2018/06/10-formas-de-contribuir-para-salvar-os-oceanos

ihu.unisinos.br/78-noticias/574947-10-atitudes-que-voce-pode-tomar-para-salvar-os-oceanos

saberviver.pt/bem-estar/sociedade/formas-de-proteger-o-oceano-todos-dias/

mafiadomergulho.com.br/dicas-para-ajudar-salvar-os-oceanos/

autossustentavel.com/2019/06/dia-mundial-dos-oceanos-porque-e-preciso-preservar.html

sema.ma.gov.br/dia-mundial-dos-oceanos-a-importancia-da-preservacao-para-o-equilibrio-da-vida/

thesummerhunter.com/limpeza-praias-brasil-iniciativas-mutirao/

Matheus Chiabi
Autor:
Matheus Chiabi
Sobre:
Matheus Chiabi, 27 anos, formado em publicidade. Gosta de escrever, fotografia, futebol e cerveja.
Mais artigos de: Matheus Chiabi

1 Comment

  1. Parabéns, vcs fazem um trabalho importantíssimo, e a news letter tem artigos com informações sérias e muito úteis, obrigada por todo o respeito a natureza, vcs são gente que faz!!

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*