Seja um locavorista e consuma localmente

Locavorismo é um conceito em que as pessoas dão preferência aos produtos fabricados em regiões próximas onde moram em oposição aos produtos fabricados por grandes indústrias que viajam centenas de quilômetros para chegar aos supermercados próximos a você.

Neste texto você verá basicamente os três pilares do locavorismo: meio ambiente, sociedade e economia.

O consumidor moderno está mais engajado em conhecer quem produz e como o faz. Esta preocupação dos consumidores tem gerado uma tendência que tem aumentado muito nos últimos anos. Nesse sentido, marcas e produtores mais presentes na comunidade ganham destaque.

E não se trata apenas de alimentos, o tema é abrangente e envolve outros tipos de produto também.

Benefícios a economia local

O fato de consumir alimentos locais gera empregos, aumenta a visibilidade da cidade e gera bons negócios. Uma economia aquecida resulta em mais concorrência, o que exige das empresas maiores esforços para melhorar a qualidade da produção além de preços mais baratos.

Ao comprar em uma loja ou restaurante local, você incentiva um pequeno negócio que emprega pessoas da região. Se essas pessoas empregadas gastarem o seu salário localmente, novamente esse ciclo se inicia, onde acontece um efeito multiplicador que gera empregos e renda.

Evite sempre as grandes redes pois, pelo fato de terem grande poder econômico, obriga fornecedores a praticarem preços muito baixos matando a concorrência local.

Agora se você compra um tênis fabricado fora do Brasil pela internet, os lucros desta venda ficarão em outro país e não trarão desenvolvimento, renda e empregos para o país, tampouco para a sua região.

O importante é beneficiar uma pessoa que mora perto de você ao invés de um investidor estrangeiro.

Com uma economia local fortalecida, isto atrai outras qualidades para a região, como turismo e segurança. Com uma comunidade desenvolvida, as pessoas têm mais qualidade de vida e bem-estar. Assim todo mundo cresce junto.

Mais saúde

Os alimentos produzidos por pequenos agricultores locais muitas vezes levam menos adubos químicos e não possuem herbicidas e agrotóxicos. O seu corpo agradece. Além disso, a saúde dos agricultores também é preservada por não terem contato com estes insumos.

Mais sabor

Os alimentos produzidos por pequenos agricultores são mais frescos, saborosos e nutritivos. O motivo é que eles chegam mais rápido até você, diferentemente dos produtos não locais que passam dias sendo transportados e acabam perdendo nutrientes nesse tempo.

Menos poluição e desperdício

Produtos que não são produzidos localmente viajam centenas de quilômetros para chegar até você. Isso representa uma enorme quantidade de gases poluentes emitido pelos veículos que fazem o transporte, como navios, caminhões e aviões. Você sabia que os 16 maiores navios cargueiros do mundo poluem mais do que todos os carros do mundo?

O que também costuma acontecer nos modelos convencionais é a perda de alimentos durante o processo de fabricação e transporte, o que não acontece no locavorismo.

Além disso, pelo fato de não serem usados agrotóxicos também não ocorre poluição do solo e das águas.

Menos embalagens

Ao comprar alimentos locais em feiras ou a granel, por exemplo, você evita embrulhos e plástico e opta por potes de vidro que são reutilizáveis.

Agricultura urbana

Um dos principais benefícios é o encurtamento das distâncias entre produtores e consumidores finais, cujos benefícios você já viu acima. Quando produzida de forma orgânica, gera mais benefícios ainda para a sociedade.

Você é um adepto da compostagem? Caso sim, além de usar o composto para suas plantas você também pode destiná-lo às hortas urbanas.

A própria ação de cultivar uma horta urbana pode ser uma forma de terapia ocupacional e ajudar na melhora da saúde mental.

Padarias artesanais

​​Padarias podem trabalhar com pães artesanais e usar insumos locais sempre que possível, como geleias e queijos feitos por produtores da região.

Desvantagens

Visto que muitas regiões não possuem muita diversidade de alimentos produzidos localmente, a dieta se torna mais restrita. Alguns alimentos necessitam de condições climáticas específicas para serem cultivados.

Muitas pessoas afirmam que mais benéfico ao meio ambiente do que os pontos positivos do locavorismo é a mudança da dieta das pessoas, ou seja, consumir menos carne vermelha, por exemplo.

Estilo de vida

Para muitas pessoas, o consumo local não é apenas uma ação isolada, é um estilo de vida. As pessoas que compram localmente são as mesmas que exigem que outras empresas sejam social e ambientalmente corretas. Uma coisa puxa a outra.

Além de comprar localmente você pode ter outras atitudes interessantes.

Repense suas compras, você realmente precisa de um chaveiro da sua série favorita fabricado na China?

Cobre transparência das cadeias produtivas. Exija que as empresas se pronunciem a respeito de onde são seus fornecedores, quais são as condições de trabalho onde os produtos são produzidos e quais ações a empresa faz para mitigar danos em seu entorno.

Como encontrar?

Uma das maneiras de encontrar produtores locais e fechar negócio atualmente é por meio das redes sociais. A presença online potencializa as vendas e aumenta as chances de o negócio ser encontrado pelos vizinhos. Por meio das ferramentas de compartilhamento em redes sociais você pode ajudar a divulgar o trabalho dos pequenos produtores.

Além disso existem iniciativas que vendem os alimentos pela própria Internet, alguns exemplos são a Raízs e o Clube Orgânico.

Referências

caixacolonial.club/blog/voce-ja-ouviu-falar-locavorismo-conheca-tendencia-consumo-local-676/

negociossc.com.br/blog/locavorismo-a-solucao-para-a-cadeia-de-alimentos-na-crise/
gepea.com.br/locavorismo-uma-tendencia-sustentavel/

massamadreblog.com.br/know-how/opiniao/locavorismo-tendencia-e-consciencia/

tomatico.com.br/blog/negocios-e-empreendedorismo/locavorismo-a-valorizacao-do-comercio-local/

medium.com/@box1824/locavorismo-e-as-três-dimensões-do-desenvolvimento-sustentável-fc5cf65eb56c

nomadmercado.com.br/blog/consumo-local

ufrgs.br/sustentabilidade/2021/03/16/parceiros-locais-como-o-seu-consumo-local-ajuda-a-melhorar-a-cidade/

inforchannel.com.br/2020/10/22/investir-no-consumo-local-pode-ser-alternativa-para-tirar-o-brasileiro-da-crise/

ecycle.com.br/agricultura-urbana/

Matheus Chiabi
Autor:
Matheus Chiabi
Sobre:
Matheus Chiabi, 28 anos, formado em publicidade. Gosta de escrever, fotografia, futebol e cerveja.
Mais artigos de: Matheus Chiabi

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*