Super dicas para uma cozinha sustentável

A cozinha é um dos cômodos da casa que mais consomem água e energia, mas felizmente existem maneiras simples de diminuir o consumo e praticar atitudes sustentáveis.

Reaproveitando potes de vidro e plástico

Sabe aquele pote vidro de mel, geléia ou óleo de coco que você comprou? Não jogue fora! Você pode usá-los para armazenar alguns ítens básicos como temperos, legumes cortados e grãos. Assim você também não precisa gastar dinheiro com potes novos.

Desligue aparelhos eletrônicos

Você sabia que o ato de desligar aparelhos como forno, micro ondas e máquina de café pode economizar até 5% da conta de luz?

Truque para lavar a louça

Está aí uma das tarefas que mais consomem água na cozinha. A nossa dica é o seguinte: a primeira coisa a ser feita é deixar a louça de molho. Depois de um certo tempo lave em água corrente e você verá que a sujeira sairá mais facilmente, e portanto haverá economia de água. E ao invés de usar detergentes, que possuem substâncias tóxicas, opte por sabão em barra de coco pois funciona muito bem! Bicarbonato de sódio e vinagre também são ótimas opções na limpeza da cozinha…

Esponja sintética x bucha vegetal

As esponjas amarelas muito comum vistas em cozinhas são de poliuretano (derivadas do petróleo), logo não degradáveis. A nossa dica é bucha vegetal. Além de não riscarem a louça, depois de um certo tempo de uso elas podem facilmente ser compostadas!

Geladeira é a que mais consome energia

Opte por modelos novos, pois os antigos consomem cerca de 200% a mais de energia! Apesar de terem uma vida útil menor do que as geladeiras antigas, os modelos novos trazem economia na conta de luz e acabam sendo mais sustentáveis e rentáveis. Fique atento também às borrachas de vedação da porta pois se tiverem estragadas a geladeira consome mais energia.

Economizando gás

Para isso basta tampar a panela com cuidado e mantê-la em bom estado para que não haja perda de calor nem gasto excessivo de gás.

Destinando óleo corretamente

Uns dos principais pontos negativos do descarte de óleo de cozinha pelo ralo da pia é que entope as tubulações e contamina rios, solos e lençóis. A boa notícia é que pode ser reciclado! Alguns produtos finais são sabão, detergente, glicerina, velas, biogás e ração para animais. E se quiser saber mais sobre o assunto confira nosso post!

Procure o selo InMetro de eficiência energética

O InMetro classifica aparelhos eletrônicos, como freezer, geladeira, ar condicionado, de acordo com sua eficiência energética. Se você encontrar a letra A, significa que o produto é bem ranqueado no requisito, ou seja, consome pouca energia.

Panos encerados ao invés de plástico filme

O plástico filme é muito utilizado e pouquíssimas vezes reaproveitados por nós. Além de irem parar nos lixões e demorarem séculos para se degradarem, eles podem carregar substâncias tóxicas e passar para os alimentos que vamos consumir. A boa notícia é que já existem os panos encerados, que são 100% de algodão, laváveis e podem ser usados inúmeras vezes. Outra coisa legal é que podem ser compostados! E se você ficou interessado nossa dica são os panos da Keep Eco.

Sobre o micro-ondas

Além do alto consumo de energia existem estudos que indicam que o aparelho faz mal a saúde humana. Assim sendo, sugerimos descongelar os alimentos de forma natural e aquecê-los em panelas ou frigideiras.

Economizando água

Sabe a água que você usa para lavar frutas e verduras? Após lavar use-a para regar as plantas! E é claro, não abra muito o registro e tente não demorar muito.

Guardanapos de pano, já!

O ponto importante  aqui é o alto consumo de água, energia e celulose para fabricar os guardanapos de papel. Se você parar para observar a quantidade de guardanapos de papel que usa por dia verá que é uma quantidade muito expressiva. E você pode até pensar na reciclagem, mas este processo também consome tais matérias-primas, por isso antes de mais nada opte pela reutilização. Na nossa opinião o fato do guardanapo de pano necessitar de água para ser lavado não torna ele menos adequado que o de papel…

Adquira um baldinho do Ciclo Orgânico e comece a compostar

Para evitar que os seus resíduos orgânicos (frutas, verduras e legumes) vão parar nos lixões, contribuindo para a poluição e emissão de gases nocivos, você pode compostá-los, isto é, transformá-los em adubo para suas plantas. Nós do Ciclo Orgânico oferecemos um serviço de coleta domiciliar, em que passamos de bicicleta na sua residência para coletar seus resíduos e transformar em adubo, que você recebe em um saco de 2kg no final do mês como recompensa.

Matheus Chiabi
Autor:
Matheus Chiabi
Sobre:
Matheus Chiabi, 27 anos, formado em publicidade. Gosta de escrever, fotografia e seus hobbies são surf, futebol e cerveja.
Mais artigos de: Matheus Chiabi

2 Comments

  1. Adorei as dicas. São importantes. Costumo usá-las no dia-a-dia e também para leitura com os/as alunos/as. Sou professora e faço questão de trabalhar com essas informações que, além de úteis, são, super importantes para a vida em sociedade e consciência ambiental.
    Também me sinto feliz por fazer parte do Ciclo Orgânico. Parabéns pelo trabalho de vocês!
    Um abraço,

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*