Tudo sobre reciclagem de óleo de cozinha

Foto: https://www.comprasustentavel.com.br/reciclagem-oleo-de-cozinha.html

Quando descartado de forma incorreta, o óleo de cozinha pode prejudicar o solo, a água e a nossa saúde e dos animais. No caso do Rio de Janeiro, anualmente são consumidos 95 milhões de litros deste produto, porém de acordo com o Instituto Estadual do Ambiente (INEA), apenas 2% deste volume é coletado para a reciclagem.

Ao descartar o óleo na pia da cozinha, por exemplo, o produto acaba entupindo as tubulações e as caixas de gordura, demandando produtos químicos para a remoção e até a caminhões de sucção . Se o esgoto não for bem tratado, o óleo pode se espalhar pelos rios, se instalando na superfície e atrapalhando as trocas gasosas, afetando todo o ecossistema (para se ter uma ideia, 1 litros de óleo descartado no ambiente pode poluir 25mil litros de água!). Quando destinado ao solo também, pode impermeabilizá-lo e inviabiliza-lo para qualquer tipo cultura.  Ah e a própria degradação do óleo em si gera gás metano, um dos gases que mais agravam o efeito estufa.

Infelizmente é muito comum observar empregados dos nossos condomínios fazendo a limpeza das caixas de gordura e destinando esses resíduos logo em frente, nos bueiros que coletam as águas pluviais!

Além do descarte incorreto, o consumo em si de óleo de cozinha por nós humanos afeta a nossa saúde. Quando o óleo é usado mais de uma vez, gera uma substância chamada acroleína, que pode acarretar irritações no intestino e até câncer.

Existem outras substâncias com o mesmo papel do óleo porém mais saudáveis e ecológicas. Algumas opções são: óleo de coco, óleo de linhaça, óleo de amendoim e azeite de oliva.

Mas no que pode ser transformado? Algumas soluções são sabão, detergente, glicerina, biogás, ração para animais e resina para tintas. Outro produto curioso que pode ser formado é a vela! É bem simples de fazer: primeiro coe os resíduos do óleo com um filtro de pano e deixe em banho maria com parafina. Depois despeje em uma forma e adicione  o pavio de barbante e é só esperar secar!

Preparar para a reciclagem também é bem simples. Espere o óleo esfriar e deposite-o em uma garrafa PET. Faça isso todas as vezes após utilizar o óleo até encher a garrafa.

Aonde destinar?

Recentemente começamos uma nova parceria com a Pac Óleo que visa te ajudar a dar uma melhor destinação do seu óleo de cozinha também!

Agora, quem for cliente do Ciclo Orgânico, ou morar na região de Botafogo, poderá trazer gratuitamente sua garrafa de óleo de cozinha até o nosso escritório e junto com a Pac Óleo, daremos uma destinação adequada para o mesmo. Nós ficamos na Rua Hans Staden, 10 – Loja C.

Além disso, caso não possa levar até o nosso escritório em Botafogo, você poderá contratar o serviço de coleta domiciliar da Pac Óleo. E nesse caso, quem for cliente do Ciclo, terá 50% de desconto no serviço de coleta residencial do óleo!

Gostou da ideia? Saiba mais ou faça o cadastro através do perfil da @PacOleoRJ ou no link: http://bit.ly/ParceriaCicloPacOleo

Outros pontos

Outra empresa que coleta em diversos pontos espalhados pela cidade é A Grande Rio Reciclagem Ambiental. Clique e confira os locais!

Mas se você quer ter a sua coleta feita em casa temos as opções: Disque Óleo – coleta acima de 10L, e partir de 30L, trocam por produtos de limpeza (Tel: 3105-5040 ou 98148-8958) e Reciclagem Brasil – coleta acima de 20L e troca por produtos de limpeza (Tel.:97474-7776).

Mas se você não é do Rio como nós somos, também temos aqui uma listinha que mostra pontos de coleta em outras cidades. Clique aqui.

E você, sabia das consequências do descarte inadequado? Conhece alguma outra solução? Deixe seu comentário!

Matheus Chiabi
Autor:
Matheus Chiabi
Sobre:
Matheus Chiabi, 27 anos, formado em publicidade. Gosta de escrever, fotografia e seus hobbies são surf, futebol e cerveja.
Mais artigos de: Matheus Chiabi

4 Comments

  1. E quando o volume é pequeno? Essa semana terminei um vidro de conserva em azeite e não sabia onde descartar o azeite. Não tenho garrafas pet em casa, sabia que não podia jogar na pia e vi que não ia no baldinho. Acabei despejando no lixo sujo não reciclável.

  2. Oi Mila, o azeite de conservas eu costumo guardar e usar para temperar outras coisas, como saladas, legumes ou uso para refogar folhas. Dependendo da conserva, o azeite fica muito saboroso

  3. Uma dúvida: gordura animal ( por exemplo, a que sobra quando se faz frango ou outra carne no forno)
    pode ser misurada com o óeo de cozinha, que é vegetal? Grata se puder esclarecer!

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*