Tudo sobre reciclagem de óleo de cozinha

Foto: https://www.comprasustentavel.com.br/reciclagem-oleo-de-cozinha.html

Quando descartado de forma incorreta, o óleo de cozinha pode prejudicar o solo, a água e a nossa saúde e dos animais.

Ao descartar o óleo na pia da cozinha, por exemplo, o produto acaba entupindo as tubulações e as caixas de gordura, demandando produtos químicos para a remoção e até a caminhões de sucção . Se o esgoto não for bem tratado, o óleo pode se espalhar pelos rios, se instalando na superfície e atrapalhando as trocas gasosas, afetando todo o ecossistema. Quando destinado ao solo também, pode impermeabilizá-lo e inviabiliza-lo para qualquer tipo cultura.  Ah e a própria degradação do óleo em si gera gás metano, um dos gases que mais agravam o efeito estufa.

Infelizmente é muito comum observar empregados dos nossos condomínios fazendo a limpeza das caixas de gordura e destinando esses resíduos logo em frente, nos bueiros que coletam as águas pluviais!

Além do descarte incorreto, o consumo em si de óleo de cozinha por nós humanos afeta a nossa saúde. Quando o óleo é usado mais de uma vez, gera uma substância chamada acroleína, que pode acarretar irritações no intestino e até câncer.

Existem outras substâncias com o mesmo papel do óleo porém mais saudáveis e ecológicas. Algumas opções são: óleo de coco, óleo de linhaça, óleo de amendoim e azeite de oliva.

Mas no que pode ser transformado? Algumas soluções são sabão, detergente, glicerina, biogás, ração para animais e resina para tintas. Outro produto curioso que pode ser formado é a vela! É bem simples de fazer: primeiro coe os resíduos do óleo com um filtro de pano e deixe em banho maria com parafina. Depois despeje em uma forma e adicione  o pavio de barbante e é só esperar secar!

Preparar para a reciclagem também é bem simples. Espere o óleo esfriar e deposite-o em uma garrafa PET. Faça isso todas as vezes após utilizar o óleo até encher a garrafa.

Aonde destinar? Existem muitas empresas que fazem a coleta e reciclagem do óleo de cozinha. No Rio de Janeiro, por exemplo, o Programa de Reaproveitamento de Óleos Vegetais (Prove) recebe doações no Circo Voador  (Tel.:2598-9240). Outra empresa que coleta em diversos pontos espalhados pela cidade é A Grande Rio Reciclagem Ambiental. Clique e confira os locais!

Mas se você quer ter a sua coleta feita em casa temos as opções: Disque Óleo – coleta acima de 10L, e partir de 30L, trocam por produtos de limpeza (Tel: 3105-5040 ou 98148-8958) e Reciclagem Brasil – coleta acima de 20L e troca por produtos de limpeza (Tel.:97474-7776).

Mas se você não é do Rio como nós somos, também temos aqui uma listinha que mostra pontos de coleta em outras cidades. Clique aqui.

E você, sabia das consequências do descarte inadequado? Conhece alguma outra solução? Deixe seu comentário!

Matheus Chiabi
Autor:
Matheus Chiabi
Sobre:
Matheus Chiabi, 27 anos, formado em publicidade. Gosta de escrever, fotografia e seus hobbies são surf, futebol e cerveja.
Mais artigos de: Matheus Chiabi

3 Comments

  1. E quando o volume é pequeno? Essa semana terminei um vidro de conserva em azeite e não sabia onde descartar o azeite. Não tenho garrafas pet em casa, sabia que não podia jogar na pia e vi que não ia no baldinho. Acabei despejando no lixo sujo não reciclável.

  2. Oi Mila, o azeite de conservas eu costumo guardar e usar para temperar outras coisas, como saladas, legumes ou uso para refogar folhas. Dependendo da conserva, o azeite fica muito saboroso

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*