Você conhece os impactos ambientais e sociais do chocolate?

Passado o domingo de páscoa e você deve ter aproveitado os ovos de chocolate que ganhou! Assim sendo, vamos trazer aqui alguns pontos importantes a respeito da produção de cacau no Brasil e no mundo e você descobrirá que seu cultivo tem impactos ambientais como a derrubada de florestas nativas e exploração mão de obra infantil.

Derrubadas de florestas para produção de cacau e óleo de palma

O fato da maioria dos produtores de cacau serem pequenos e muito numerosos faz com que o monitoramento se torne mais difícil, e assim, acontece muito desmatamento para cultivar o produto.

Hoje em dia a maior parte do óleo de palma, que é usado para a produção do chocolate junto com o cacau, garantindo textura e durabilidade, é produzida na Malásia, Indonésia, Bornéu e Sumatra. Com 80% dos incêndios nestes países voltado para a produção deste produto, isso significa que as florestas locais estão sendo dizimadas!

E quais são as consequências do desmatamento? As consequências desse fenômeno são perda de biodiversidade (como é o caso dos orangotangos, que ficam sem casas e são encontrados apenas nas florestas asiáticas), erosão do solo, destruição de ecossistemas,  e sedimentação de córregos.

https://www.infoescola.com/animais/orangotango/

Exploração do trabalho infantil

https://ferdinandodesousa.com/2018/08/10/os-impactos-ambientais-da-crise-da-cultura-cacaueira/comment-page-1/

Segundo Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) de 2014, cerca de 8 mil crianças e adolescentes de 10 a 17 anos, no Brasil, trabalham em plantações de cacau. Estima-se que no mundo inteiro existem incríveis 152 milhões de crianças trabalhando neste setor!

Para mudar essa situação é muito importante que o governo conceda subsídios e recursos para os produtores cultivarem o cacau de forma sustentável e sem a utilização de mão de obra infantil. 

Costa do Marfim

Está aí o maior produtor de cacau do mundo, com 42% de toda a produção mundial! Um dos principais impactos causados pelo cultivo do cacau neste país é o desmatamento, e os números são alarmantes: estima-se que 64% das florestas foram destruídas para o plantio entre 1990 e 2015. Se o ritmo do desmatamento continuar nessa velocidade é provável que até 2030 toda a floresta tropical do país venha a deixar de existir.

Apesar de ser o maior produtor do mundo, é muito difícil encontrar por lá chocolate orgânico. A maioria é produzida com pesticidas e outros produtos químicos.

Principais estados brasileiros produtores de cacau

O Brasil é hoje o sexto maior produtor de cacau do mundo. Assim sendo, não há necessidade de comprar chocolate de marcas estrangeiras! Os maiores estados produtores são: Bahia (59,3%) e Pará (31,4%). Na Bahia praticamente 100 municípios têm suas economias baseadas na produção do cacau, que é cultivado em 29.000 pequenas propriedades logo a cultura do cacau é importante na geração de emprego e renda deste estado.

São produzidos em minifúndios e empregam milhões de pessoas

Segundo o Programas das  Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA) existem de 5 a 6 milhões de produtores de cacau no mundo. E 70% do cacau é produzido em pequenas propriedades.

O que os consumidores e produtores podem fazer para combater?

É de suma importância para os consumidores dar preferência às marcas de chocolate éticas e sustentáveis e praticar o consumo consciente. Por que não exigir informações sobre a procedência do cacau e as condições do trabalho? Uma ideia legal é optar pelo chocolate orgânico, que apesar de pouco produzido no Brasil, é cultivado na agricultura familiar.

E na Costa do Marfim, onde a maioria dos fabricantes de cacau não adotam praticas sustentáveis , existe uma marca chamada Mon Choco que usa apenas o cacau de agricultores locais e que é orgânico. A empresa também usa papel reciclado nas embalagens e reaproveita a casca do cacau.

Você é novo por aqui?

E aí, gostou do texto? Se você é uma pessoa que gosta e se preocupa com o meio ambiente, provavelmente vai gostar do serviço que nós oferecemos aqui no Ciclo Orgânico!

Olha só que legal: por meio de uma assinatura você recebe um baldinho para por na cozinha e depositar todos os seus resíduos orgânicos nele. Periodicamente nós passamos em sua residência de triciclo (para não poluir o ar, é claro!), coletamos seus resíduos e transformamos em adubo. Uma vez por mês você recebe sua recompensa: um saco de adubo fresquinho e sementinhas para plantar! Basta clicar aqui e escolher o seu plano! O serviço, por enquanto, é apenas na cidade do Rio de Janeiro.

ONU alerta para impacto ambiental da produção de cacau

www.greenmebrasil.com/consumir/consumo-consciente/8711-cacau-desmatamento-exploracao/

www.menos1lixo.com.br/posts/trabalho-infantil-nas-plantacoes-de-cacau

reportercapixaba.com.br/as-vesperas-da-pascoa-onu-alerta-para-impacto-ambiental-da-producao-de-cacau/

Matheus Chiabi
Autor:
Matheus Chiabi
Sobre:
Matheus Chiabi, 27 anos, formado em publicidade. Gosta de escrever, fotografia, futebol e cerveja.
Mais artigos de: Matheus Chiabi

1 Comment

  1. Muito bom. Acredito que vocês evitem recomendar marcas sustentáveis, mas procuro sempre por elas, especialmente depois de ler que o governo da Costa do Marfim foi deposto por uma poderosa indústria de chocolate, porque decidiu tentar no mercado internacional um preço mais justo para o cacau produzido lá. E justo uma marca que ostenta em seu rótulo “do Brasil para o Brasil”, foi comprada por essa multinacional tão agressiva, que está sendo processada nos tribunais internacionais por trabalho escravo e infantil….como saber se o chocolate deles que compramos aqui é produzido aqui? Complicado.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*