Para onde vai o seu baldinho?

Descubra o caminho do baldinho do Ciclo Orgânico depois que ele sai de sua casa.

Você já se questionou alguma vez para onde vai os resíduos do seu baldinho depois da coleta? E ficou pensando “eu sei que serão compostados, mas para onde o ciclista está indo? ” As dúvidas acabaram! Irei explicar tudinho neste artigo! ☺

Todos os dias, de segunda à sexta, os ciclistas passam nas residências para realizarem as coletas pela manhã e encaminham os resíduos coletados para pontos de compostagem parceiros do Ciclo. Entre eles estão o Parque do Martelo, localizado no Humaitá, a escola municipal Camilo Castelo Branco no Jardim Botânico e o CIEP Rubro Negro, no Leblon. Estas parcerias são de suma importância pelo espaço cedido para o tratamento dos resíduos e pela junção de sustentabilidade e educação ambiental nas escolas e no parque – este que recebemos visitas de escolas, creches e pessoas interessadas em conhecer o espaço e saber um pouco mais sobre nós.

E lá vamos nós! Se você reside em Botafogo, Humaitá, Lagoa ou Fonte da Saudade, os seus resíduos são encaminhados para o Parque do Martelo. Um lugar super tranquilo e agradável. Neste lugar você pode aproveitar para passar o dia com a família, principalmente crianças, há um parquinho com brinquedos específicos para cada faixa etária, variando de 1 – 9 anos. É um espaço público, aberto a visitação e conta com exposições e eventos mensais.

O Parque foi o nosso primeiro pátio de compostagem e desde que iniciamos, tratamos mais de 50 toneladas de resíduos orgânicos, produzimos mais de 30 toneladas de composto orgânico e evitamos a emissão de mais de 38 toneladas de CO².
Saiba mais sobre o espaço clicando aqui. ☺

 

Já para as pessoas que residem no Jardim Botânico ou Gávea, os resíduos são levados para a Escola Municipal Camilo Castelo Branco. Desde o primeiro semestre de 2016, formalizamos uma parceria com a escola para a utilização de uma pequena área junto ao canteiro externo do colégio para fazer a compostagem dos resíduos coletados. Este foi o nosso segundo pátio de compostagem e desde que o iniciamos, tratamos mais de 18 toneladas de resíduos orgânicos, produzimos mais de 10 toneladas de composto orgânico e evitamos a emissão de mais de 13 toneladas de CO². Saiba mais sobre o espaço clicando aqui. ☺

Já a galera que reside em Ipanema, Leblon, Leme e Copacabana, os resíduos são levados para o CIEP Rubro Negro. Desde o segundo semestre de 2017 iniciamos uma parceria para a utilização de uma área externa da escola, onde realizamos a compostagem e produzimos o adubo, que hoje está sendo utilizado na horta da escola desenvolvida entre os professores e alunos do CIEP. Este foi o nosso terceiro pátio de compostagem e desde que o iniciamos, coletamos mais de 20 toneladas de resíduos orgânicos, produzimos mais de 12 toneladas de composto orgânico e evitamos a emissão de mais de 15 toneladas de CO². Saiba mais sobre o espaço clicando aqui. ☺

E Por fim – digo por enquanto – a galera que mora nos bairros Urca, Flamengo, Laranjeiras, Cosme Velho, Catete, Glória, Centro e Lapa, os resíduos são encaminhados para o espaço da UERJ, na Lapa.  Desde o primeiro semestre de 2017 iniciamos uma parceria com a Escola de Design Industrial para a utilização de uma área externa da universidade, onde realizamos a compostagem e produzimos o adubo – destinado para os projetos de horta urbana dos universitários. Este foi o nosso quarto pátio de compostagem e desde que o iniciamos, tratamos mais de 3 toneladas de resíduos orgânicos, produzimos mais de 1,8 toneladas de composto orgânico e evitamos a emissão de mais de 2 toneladas de CO².

Quer o Ciclo Orgânico no seu bairro? Conhece algum lugar que seria bacana ser um pátio de compostagem parceiro? Fale com a gente! Ou diga nos comentários e compartilhe conosco! Em breve estaremos em novos bairros. ☺ #FecheOCiclo

Avatar
Autor:
Thamyris Soliva
Sobre:
Thamyris Soliva, 26 anos, carioca, apaixonada pela natureza e animais! Publicitária, esposa do Lucas e mais um braço do Ciclo Orgânico desde 2015.
Mais artigos de: Thamyris Soliva

4 Comments

  1. Quero o Ciclo Orgânico na Zona norte, Vila isabel, Tijuca, Grajaú.
    Eu nem sabia que vcs tinham outros pontos além do Parque do Martelo e já tinha pensado em ter um na Reserva do Grajaú. E lendo o post acabei pensando em outros lugares, quem sabe na Floresta da Tijuca, ou aproveitar a parceria com a Uerj e fazer um no campus principal.

  2. Olá pessoal, fiquei super feliz de saber que vcs. estão no centro e em outras partes da zona sul, além do Humaitá. Eu moro em São Cristóvão e gostaria muito de ter compostagem aqui no meu bairro. Aqui tem o colégio Pedro II e várias escolas municipais/estaduais. Não conheço a área física destas escolas, mas creio que em pelo menos uma podemos encontrar um espaço. Vamos aumentar este Ciclo! Se eu puder ajudar em alguma coisa para trazer aqui para Sâo Cristóvão podem contar comigo! parabéns a todos do Ciclo Orgânico!!!!!!!!!!

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Assine a nossa newsletter

Cadastre-se para receber mais informações e ficar por dentro de todas as nossas novidades!