Como cultivar Nabo em casa

Como Plantar Nabo

O nabo, assim como os outros membros do gênero Brassica, é de origem europeia e foi introduzido no Brasil pelos colonizadores portugueses. Desde então, tem sido parte da alimentação dos brasileiros por ser um alimento saboroso e bastante nutritivo.

O Nabo é uma planta herbácea anual ou bianual, de altura de folhas em torno de 35 cm. Estas são verdes, sem pelos, recortadas e amplexicaules. Suas flores são amarelas e os frutos são do tipo síliquas. As raízes engrossam junto ao colo da planta e, conforme a variedade, pode ser cilíndrica ou globosa. Ele é cultivado por causa de suas raízes, mas suas folhas podem ser utilizadas para saladas e sopas.

A raiz, parte mais consumida da planta, é tuberosa e branca. Sua composição é rica em enxofre, zinco, potássio, sódio, cálcio, ferro, fósforo e vitaminas A,B,C e P.

Por conter baixas calorias (100 gramas de Nabo oferece apenas 35 calorias), o Nabo é muito indicado em dietas de restrições calóricas, por ser leve e ainda ajudar no processo de digestão. Além disto, o Nabo possui muitas propriedades medicinais. Ele é diurético, expectorante, purificador do sangue, emoliente, antipirético, alcalinizante e possui um leve efeito laxativo. No entanto, nos tubérculos também são encontradas quantidades mensuráveis de oxalatos, substâncias que se excessivamente concentrada nos fluidos corporais podem se cristalizar e causar sérios danos a saúde.

As folhas de Nabo também são comestíveis e seu sabor é semelhante ao de mostarda. Mais nutritivas do que os tubérculos, as folhas de nabos são uma excelente fonte de beta-caroteno (Vitamina A), contêm boas doses de vitamina K, C, folatos e cálcio. Além disto, as folhas possuem uma substância chamada luteína, um poderosos antioxidante carotenoide.

Veja abaixo as condições para plantar a sua semente de Nabo:

Clima

O nabo cresce melhor em temperaturas entre 15°C e 22°C. Cultivada em temperatura elevada, a planta pode florescer precocemente, suas folhas podem adquirir um sabor mais forte e amargo, e sua raiz não se desenvolve bem e pode se tornar fibrosa.

Luminosidade

O melhor é cultivar com luz solar direta, mas pode tolerar sombra parcial com boa luminosidade.

Solo

O solo deve ser bem drenado, fértil, rico em matéria orgânica, sem pedras e outros detritos. É tolerante quanto ao pH do solo, mas cresce melhor com pH entre 6 e 7 (nosso composto está na escala nº7 ).

Irrigação

Plantas jovens de nabo

Irrigue com frequência, de forma que o solo permaneça sempre úmido, mas sem que fique encharcado.

    • Tenha em atenção o espaçamento recomendável entre sementes, a distância entre cada planta deve ser de, pelo menos, 10 cm.
    • A profundidade de plantio deve ser pequena, mais especificamente, entre 0,5 e 1 cm.
    • Evite semear em horas de maior calor.

Colheita

Imagem relacionada

A colheita do nabo é realizada entre 40 e 80 dias após a semeadura. Não atrase muito a colheita, pois as raízes podem se tornar lenhosas com o decorrer do tempo.

Na colheita das nabiças (folhas do nabo), as plantas podem ser arrancadas inteiras, ou todas as folhas podem ser cortadas a cerca de 5 cm do solo, o que permite que a planta rebrote, de forma que uma nova colheita de folhas jovens pode ser feita em duas ou três semanas. As folhas também podem ser colhidas individualmente quando necessário.

Dicas finais

Não deixe de:

  • Retirar as plantas invasoras que competem por recursos e nutrientes.
  • Retirar, após germinação, as plantas mais débeis para que as mais fortes vigorem. Este processo é realizado de maneira a que o espaçamento requerido entre plantas seja respeitado.
  • Controlar as pragas, nomeadamente lagartas e pássaros, que se alimentam das folhas (nabiças) do nabo.
  • Após a germinação, colocar um pouco de terra ao redor do caule da planta para que este fique seguro.

Após essas dicas, espero que você tenha sucesso em seu plantio de nabo! Compartilhe conosco em nossas redes sociais o resultado de sua hortinha!

Bom plantio. ♥

#FecheOCiclo

 

Autor:
Thamyris Soliva
Sobre:
Thamyris Soliva, 24 anos, carioca e apaixonada pela natureza e animais! Publicitária, namorada do Lucas e mais um braço do Ciclo Orgânico desde 2015.
Mais artigos de: Thamyris Soliva

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Assine a nossa newsletter

Cadastre-se para receber mais informações e ficar por dentro de todas as nossas novidades!