Consumidor consciente: como evitar compras por impulso?

O que é uma compra por impulso?

Trata-se daquele tipo de compra feita sem planejamento, organização financeira, diante de alguma “promoção irresistível” e sem necessidade, em um momento tomado por alguma emoção como angústia (não necessariamente uma emoção negativa, pode ser uma positiva como felicidade).

Neste estado a pessoa deixa de ser racional e compra pela emoção. A compra diante destas situações aliviam a emoção, mas o alívio é passageiro e depois de um tempo a pessoa volta a sentir mais necessidade de comprar. Isso sem falar no endividamento financeiro

O produto adquirido costuma não ser essencial para o comprador e costuma ser usado poucas vezes. Se a pessoa faz compras por impulso uma vez ou outra, é menos pior, mas o problema é quando elas se tornam um hábito.

Somado ao fato da pessoa estar tomada por algum tipo de emoção, outros fatores que contribuem para o hábito são a moda, publicidade e promoções. Se a pessoa não tiver o mínimo de controle emocional, o problema fica pior ainda.

Nem sempre o produto comprado por impulso é caro, as vezes uma simples compra de um cosmético numa farmácia, ou então um cafezinho todos os dias ou então uma ida ao restaurante já entram nesta categoria.

Anote o que vai comprar

Seja uma ida ao shopping ou ao supermercado é interessante anotar exatamente aquilo que vai comprar e qual preço está disposto a pagar. Assim você fica focado no que realmente precisa e evita compras extras. Caso se depare com algum produto que não esteja na lista, e que sinta vontade de comprar, saiba que há grandes chances do produto ser desnecessário.

Fique de olho na fatura do cartão de crédito

As compras por impulso são um dos principais responsáveis pelo endividamento das pessoas. Adquira o costume de olhar toda semana o quanto virá na sua próxima cobrança, ou seja, adquira mais consciência financeira.

Dicas interessantes são comprar apenas a vista ou então comprar com dinheiro ao invés de cartão.

Que tal deixar o cartão de crédito em casa e levar apenas o dinheiro necessário para as compras planejadas? Por que deixar os dados do seu cartão de crédito salvos nas lojas on-line? Ande apenas com seu cartão de débito pela rua.

Entenda o que te motiva a comprar

Para começar a mudar este hábito é importante identificar em quais situações fica mais vulnerável a comprar por impulso. É quando está triste? É quando o salário cai na conta? É quando está tentando impressionar alguém? Quando estiver se sentindo dessas maneiras, procure dar outra saída para o problema, como por exemplo trocar a ida ao shopping por uma caminhada na natureza.

Evite compras parceladas

Nada pior do que chegar no início do mês e não ter dinheiro para as compras essenciais, como o supermercado.

Espere um pouco

Sempre que perceber que está prestes a fazer uma compra por impulso, dê um tempinho… Pode ser uma volta pelo bairro, espere alguns minutos, ou em alguns casos até mesmo uns dias. O motivo? Quando damos um tempo, às vezes a vontade daquela compra diminui! Quanto maior o tempo que conseguir ficar sem o produto, melhor sinal!

Além de esperar um tempo, procure ocupar aquele vazio com alguma atividade prazerosa como ver um filme, passear com cachorros, ouvir uma música, etc.

E se você esperou tempo suficiente e a vontade de comprar não passou, pode ser que você realmente precise daquele ítem. Verifique agora se ele se encaixa no seu orçamento.

Outro benefício de esperar é que você pode acabar achando o produto desejado por um preço menor ou até mesmo em promoção em algum outro estabelecimento ou na Internet.

Compre pela Internet

Assim fica muito mais fácil ignorar itens estranhos e novidades. Geralmente quando estamos em uma loja on-line compramos aquilo que precisamos e depois fechamos a página no navegador.

Mas cuidado! Se você pesquisar a respeito de comprar uma camisa de determinada marca pela Internet, saiba que você será bombardeado por promoções daquele produto ou parecido ao longo dos próximos dias. Para evitar que isso aconteça, faça pesquisa de compras em abas anônimas no seu navegador.

Doe primeiro o que já tem

Vamos supor: você quer comprar uma camisa nova. Antes disso, doe alguma que já tem. Se não conseguir doar, então não adquira uma nova. Ter que se desfazer de algum ítem que já possui pode te dar tempo para pensar a respeito da nova aquisição.

Não compre quando seu estado emocional estiver alterado

Está triste, cansado, muito feliz ou qualquer outro estado emocional que fuja do padrão de estabilidade emocional? Evite sair para fazer compras!

Busque ajuda: procure um psicólogo

Muitas vezes não é fácil mudar o hábito de comprar por impulso. Geralmente está atrelado a características psicológicas muito enraizadas, como por exemplo, fatos marcantes que aconteceram desde a infância e que construíram sua personalidade. Portanto, esta mudança pode e deve ser assistida por um profissional.

Outra coisa que pode ajudar é ler livros ou então assistir a documentários sobre o assunto.

Também já existem por aí aplicativos que ajudam a controlar as finanças, como o “Minhas Finanças”, da Sicoob.

Questione-se: eu preciso disso?

Esta é uma dica simples e fácil de ser realizada. Basta pensar: eu preciso mesmo disso? Será que vai causar algo diferente na minha vida, ou é só mais algo que vai cair no esquecimento e nunca mais será usado? Será que estou com vontade de usar apenas agora?

Conclusão

É muito gratificante ter controle de suas finanças, que você pode comandar suas escolhas para um caminho melhor, que você defina o que é essencial para você e o que não é. E também ter consciência de quando está na hora de comprar um produto.

Imagens

institutoliberal.org.br/blog/o-consumismo/

Agradecimento

Este texto foi elaborado com o suporte da psicanalista Sandra Chiabi (@sandrachiabi).

Referências

https://financeone.com.br/compra-por-impulso-como-evitar/

https://www.serasa.com.br/score/blog/compras-por-impulso-como-evitar-esse-habito/

https://blog.racon.com.br/dicas-para-evitar-compras-por-impulso-e-salvar-seu-planejamento/

https://mepoupe.com/dicas-de-riqueza/como-evitar-as-compras-por-impulso/

https://www.foregon.com/blog/10-dicas-para-controlar-o-impulso-nas-compras/

Matheus Chiabi
Autor:
Matheus Chiabi
Sobre:
Matheus Chiabi, 27 anos, formado em publicidade. Gosta de escrever, fotografia, futebol e cerveja.
Mais artigos de: Matheus Chiabi

1 Comment

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*