Como conciliar trabalho, vida pessoal e saúde – Parte 1

O trabalho é algo que toma boa parte de nossas vidas e muitas vezes damos pouca atenção a outras áreas. Conciliá-las é uma tarefa difícil, mas uma vez que você encontra um equilíbrio, sua produtividade aumenta, tem mais satisfação pessoal e por fim, torna-se uma pessoa mais feliz.

Nada melhor do que ter bons resultados na carreira, sem deixar de lado o bem-estar (isso é um sinal de qualidade de vida). Basicamente tudo o que você precisa é cuidar da sua vida mental e física, fazer atividades de lazer, ter contatos sociais, manter boas relações com a família, se planejar e estabelecer alguns limites. Quando uma área não vai bem, pode afetar outra.

Este texto não é um passo a passo de como ser feliz no trabalho e na vida pessoal. Cada pessoa possui os seus gatilhos emocionais, desejos e limites. Mas ainda assim é possível abordar o tema e ajudar a encontrar o equilíbrio. Então como conciliar vida profissional, pessoal e saúde? Confira abaixo!

Não fique sobrecarregado

Ficar sobrecarregado gera muito estresse e faz mal à saúde. Portanto, é sempre importante definir prioridades e fazer as tarefas com mais urgência primeiro. Muitas tarefas são importantes, mas não agora. Assim você também ganha a sensação de missão cumprida e se motiva para realizar outras. As tarefas mais importantes trarão coisas mais valiosas para os seus negócios e sua vida.

Saiba dizer não. Um erro que muitas pessoas cometem, principalmente as recém contratadas, é aceitar qualquer demanda, mesmo que não sejam da sua área e de acordo com seus conhecimentos técnicos, para assim agradar o chefe. Ou seja, às vezes é preciso dizer não ao gestor, ou então flexibilizar o prazo de uma tarefa, caso contrário isso pode te sobrecarregar. Na hora de falar com o seu chefe sobre o assunto, mostre que tem interesse em executar os projetos que estão te sobrecarregando, e que você precisa apenas de um suporte.

Também não tenha medo de pedir ajuda para outros colegas de trabalho. Um sinal de que algo está errado é quando você está sobrecarregado e as outras pessoas estão um pouco ociosas, portanto tente observar se isso acontece no seu ambiente de trabalho. Pedir ajuda não é um sinal de fraqueza, mas sim de que você tem interesse no seu trabalho e está se esforçando para o melhor resultado.

Todos tem um limite e é importante saber identificá-lo. Às vezes você está passando por um momento difícil em relação a família e por isso você deve priorizar sua questão pessoal momentaneamente.

Do mesmo modo que é importante dizer não em algumas situações no trabalho, também é importante dizer não aos familiares e amigos quando é necessário focar no trabalho e abdicar de momentos de lazer.

Tenha foco

Atualmente, com o advento da internet ficou mais fácil misturar e confundir trabalho e vida pessoal. Você pode trabalhar em casa  (home office) e cuidar da vida pessoal no trabalho. Por isso, vamos falar sobre foco.

Quando estiver em um momento de lazer, não fique olhando seus e-mails e outros assuntos de trabalho. Boas dicas são desligar o celular ou então desativar as notificações. Você também pode ter um telefone corporativo e não passar o seu pessoal para clientes e colegas de trabalho.

Na hora do almoço não marque reuniões e nem atenda demandas. Do mesmo modo, quando estiver no trabalho, numa reunião por exemplo, não fique dando atenção a problemas domésticos. Esteja sempre presente nos momentos.

Uma maneira para treinar o seu foco e se manter sempre presente é praticando a meditação. Esta prática basicamente estimula o seu foco no presente e conforme vai praticando consegue se manter presente por mais tempo. Funciona de verdade, vale a pena começar a meditar!

Tire férias

Se um único dia de folga já apresenta consequências positivas para o corpo e mente, imagine 30 dias!

Muitas pessoas temem tirar férias com medo de perder oportunidades durante o afastamento. Porém, o outro lado da moeda mostra que os benefícios também são muitos.

Com a cabeça mais tranquila e relaxada, você volta ao trabalho com maior produtividade, ânimo e com novas perspectivas. O seu cérebro volta reparado e apto a atingir novamente o seu auge. Quando este órgão está descansado ele consolida melhor o conhecimento, aprimorando e memorizando novas habilidades.

Tirar férias é dar um fôlego a sua vida profissional para alcançar os seus objetivos. Tente fazer isso pelo menos uma vez por ano e se possível faça uma viagem com familiares.

Quando você viaja e explora destinos multiculturais isso estimula a criatividade e ajuda a ter ideias, o que pode lhe auxiliar caso esteja passando por um momento de pouca criatividade no trabalho.

Além do bem-estar mental, o seu corpo também se regenera. Ele reequilibra os níveis de cortisol, reduz inflamações, reduz os níveis de açúcar no sangue, mantém a pressão arterial e melhora a qualidade do sono. Ou seja, as férias também são um momento para o seu corpo se recuperar e evitar o desenvolvimento de doenças causadas por acúmulo de estresse. Existem inclusive estudos que apontam relação de anos sem tirar férias com doenças do coração.

Tirar férias também é uma maneira de fortalecer os laços com família e amigos.

Não pense só no dinheiro

Trabalhe para aprender, ganhar experiência, evoluir como profissional, fazer cada vez mais e melhor e não apenas para ganhar dinheiro. O dinheiro será consequência disso tudo e não o ponto de partida.

Muitas pessoas ganham bem mas trabalham em ambientes de trabalho horríveis. E isso não é sustentável pois a nossa saúde é um bem que o dinheiro não recupera. Não adianta ter muito dinheiro e não conseguir aproveitar as coisas boas da vida. Também é importante gostar do que faz acima de tudo.

Você pode se surpreender com sua performance e ascensão que pode ter quando faz o que gosta.

Seja eficiente no trabalho

Uma das melhores formas de reduzir o tempo de trabalho é aproveitar ao máximo as horas dedicadas às suas tarefas. E isto pode ser feito em diferentes horas do dia, ou seja, tem pessoas que funcionam melhor de manhã, outras pela noite, a chave é identificar o seu momento de ápice.

Seja um excelente profissional em seu horário de trabalho: estude, auxilie a equipe, busque ferramentas, cumpra prazos, entregue resultados e inove. Fazendo sua parte no período combinado, você pode curtir o seu final de semana com sua família.

Para fazer tudo bem feito, faça uma coisa de cada vez, evite executar várias tarefas simultâneas.

Nada pior do que ter que resolver alguma urgência de trabalho logo antes de deitar para dormir. O estresse vai afetar bastante a qualidade do seu sono.

Assim você não precisa de horas extras e levar trabalhos e preocupações para casa.

Por isso evite os ladrões de tempo, como checar notificações de redes sociais, excesso de conversas improdutivas com colegas e de saídas para tomar café. Você sabia que estudos apontam que em média, um trabalhador consegue ficar em média 11 minutos trabalhando sem interrupções? É claro que uma hora sua mente vai pedir descanso, mas guarde isto para os intervalos.

Falando em intervalos, outra dica para ser mais eficiente e aproveitar melhor os tempos livres é criando uma agenda. Anote todos os seus compromissos nos seus devidos horários e determine períodos de folga para fazer atividades de lazer. Classifique as tarefas de acordo com o seu grau de urgência, estipulando um prazo para a sua conclusão. Anotando seus afazeres pessoais e profissionais fica mais fácil identificar se você está dando muita atenção para uma área ou para a outra. Concentre-se nas atividades que te dão mais retorno.

Também é interessante anotar metas mensais e anuais. Assim você visualiza o seu futuro e se mantém motivado para alcançar seus objetivos.

Conheça a si mesmo

Muitas vezes, os problemas que ocorrem no trabalho estão ligados ao fato de termos uma profissão que não gostamos. Isso pode trazer infelicidade no seu dia a dia e inclusive afetar a sua vida pessoal. Por isso, quanto mais você conhecer a si mesmo, mais conseguirá tomar decisões que levem a caminhos felizes, seja na escolha de uma empresa, seja na escolha de uma profissão. Pessoas que trabalham com o que gostam são mais felizes e produtivas, afinal as tarefas acabam se tornando um prazer ao invés de rotina.

Para descobrir o que gosta você pode se imaginar trabalhando com alguns dos seus hobbies? Você também pode tentar lembrar do que gostava de fazer quando era criança, uma vez que nossa personalidade é formada principalmente com base no início de nossas vidas.

Se você está se sentindo desmotivado, sem saber o que gosta de fazer no seu dia a dia, comece a fazer coisas diferentes. No trabalho, busque tarefas diversificadas e converse com outros colegas de outras áreas.

Cuide da sua saúde física

Sim, é possível arrumar um tempinho no seu dia para praticar uma atividade física, tendo em vista que é tão importante para a nossa saúde e deve ser um hábito em nossas vidas. Além disso, pode ser uma forma de aliviar o estresse que você acumula durante o trabalho.

O trabalho em excesso tem consequências negativas a longo prazo e combater isso com atividades físicas é muito indicado. A atividade física tem que ser prazerosa, portanto escolha o tipo que mais combina com você. Se você está sedentário, vale a pena fazer um esforço para praticar atividades simples e sair da inércia. Em poucos dias essas atividades vão se tornar prazerosas e benéficas para o seu corpo.

A atividade física tem relação direta com o desempenho profissional. Ela melhora a capacidade de concentração, a atenção e memória e aumenta a disposição.

Muitos profissionais de sucesso acordam mais cedo para praticar um esporte antes de ir para o trabalho.

Gostou da matéria e quer ler mais sobre o assunto? Confira a parte 2!

Matheus Chiabi
Autor:
Matheus Chiabi
Sobre:
Matheus Chiabi, 28 anos, formado em publicidade. Gosta de escrever, fotografia, futebol e cerveja.
Mais artigos de: Matheus Chiabi

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*