Embalagens de folha de bananeira são melhores do que plástico

O Brasil é um dos maiores produtores de banana do mundo. Além da fruta ser rica em minerais, vitaminas e potássio, por exemplo, sua casca é comumente usada para a fabricação de farinhas, doces, tortas e sorvetes. Mas o que você talvez não saiba é que há um outro subproduto que até pouco tempo não era visto com valor e era muito descartado: a folha da bananeira. A ideia é que ela seja usada em alternativa às embalagens de plástico e ao papel alumínio. É uma das embalagens mais originais e sustentáveis que existem.

Características

Algumas de suas principais características são: estética atrativa, resistência, impermeabilidade e flexibilidade. Além disso, é biodegradável e compostável. Além de poderem ser dobradas e enroladas com facilidade, suportam variadas temperaturas, inclusive as mais baixas, ideal para produtos refrigerados como carne fresca.

Mas são diversos produtos que podem ser embalados com a folha de bananeira, não apenas alimentos, mas como presentes.

Um benefício importante é que, ao contrário das embalagens de plástico, as embalagens de bananeira possibilitam que o comprador sinta o cheiro dos produtos.

Pelo fato de não absorver água a embalagem é a prova de umidade. Consequentemente, não liberam substâncias nocivas quando em contato com a água, ao contrário do que acontece com o plástico.

Um detalhe é o laço de fibra natural usado para fechar a embalagem.

Em locais tropicais, as folhas podem ser adquiridas inclusive de graça, dependendo da quantidade. Já em climas temperados o custo para a aquisição pode ser maior.

As folhas de bananeira também podem ser usadas para revestir pratos e inclusive funcionar como pano de mesa.

Substituindo o papel alumínio

O contato do papel alumínio em altas temperaturas com os alimentos pode soltar alumínio. Por isso é importante também que a folha não possua pesticidas. Para isso é necessário fazer uma higienização das folhas com água e vinagre.

As folhas de bananeira podem acompanhar alimentos que são levados ao forno, ao invés do papel alumínio. Podem ser usadas não só no tradicional peixe, mas também para forrar formas de bolo.

Para ficar mais flexível e fácil de ser trabalhada, uma vez que é um material quebradiço, é indicada levar a folha de bananeira ao fogo

Expectativas para o futuro

Uma ideia a ser explorada e incentivada é o uso da folha da bananeira para acompanhar os sanduíches e outros tipos de comida feitos em foodtrucks.

Hortifrutis também deveriam usar esta embalagem para as frutas e verduras.

No mundo

Nações como Índia, China, Tailândia, Malásia e Vietnã utilizam as folhas de bananeira para preparar cereais, como o arroz, há séculos. Além disso, utilizam a folha para embrulhar e conservar alimentos desde a Idade Média.

A ideia do uso da folha de bananeira como embalagem viralizou após um supermercado na Tailândia que adotou todos os seus produtos com este envolto. Como consequência, outros supermercados no mundo também passaram a adotar a prática.

Referências

razoesparaacreditar.com/embalagem-plastico-folha-bananeira/

catracalivre.com.br/as-melhores-solucoes-sustentaveis/folha-de-bananeira-substitui-embrulhos-plasticos-de-supermercado/

blog.construtoralaguna.com.br/construtora/sustentabilidade/folhas-de-bananeira-substituem-embalagens-plasticas-em-supermercados-asiaticos/

stylourbano.com.br/supermercado-tailandes-utiliza-folhas-de-bananeira-para-substituir-embalagens-plasticas/

gazeta-rs.com.br/folha-de-bananeira-e-alternativa-natural-e-sustentavel-a-embalagens-e-papel-aluminio/

Matheus Chiabi
Autor:
Matheus Chiabi
Sobre:
Matheus Chiabi, 28 anos, formado em publicidade. Gosta de escrever, fotografia, futebol e cerveja.
Mais artigos de: Matheus Chiabi

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*