Slow Food: comida que faz bem a saúde, ao meio ambiente e a economia local

Na correria do dia a dia muitas pessoas deixam a boa alimentação de lado.

O slow food é uma filosofia que privilegia não apenas o ato de comer, mas também a maneira que os alimentos são produzidos até chegar na sua mesa e como isto também impacta a economia.

A ideia é basicamente a de termos alimentos frescos e saborosos em nossas mesas ao mesmo tempo em que eles foram produzidos de formas ambientalmente, socialmente corretas e, como o nome já diz, de forma lenta.

Beneficie produtores locais

http://www.pdf-tools.com

O processo de produção de alimentos por um produtor local é bem diferente do processo de mega fazendas exportadoras de produtos.

Trata-se de um modelo de agricultura menos intensivo, logo mais sustentável e saudável.

Consumir de produtores locais é uma forma de beneficiar regiões mais pobres. O pequeno negócio também oferece mais empregos uma vez que as grandes plantações usam máquinas ao invés de trabalhadores para processos como colheita e armazenagem.

Falando sobre meio ambiente, os produtores locais geralmente ficam mais perto de você e logo o transporte dos alimentos gera menos carbono do que o transporte de alimentos que viajam o país inteiro para chegar até você.

Os longos transportes também acarretam perda de nutrientes dos alimentos!

A ideia é que o valor do alimento deve remunerar corretamente quem produz e não ser muito caro para o consumidor final.

Opte por alimentos orgânicos

O maior benefício de optar por eles é a sua saúde, uma vez que não levam agrotóxicos durante o processo de cultivo. Quem ganha também é o meio ambiente que fica menos poluído, uma vez que os agrotóxicos também contaminam o solo, água e ar.

Você sabia também que alimentos cultivados com adubo orgânico possuem maior valor nutricional e são mais saborosos?

E não podíamos deixar de falar que o uso de agrotóxicos compromete a saúde dos trabalhadores rurais!

A maioria dos agricultores de alimentos orgânicos são pessoas mais pobres que possuem na terra sua única forma de sustento, por isso você acaba beneficiando a eles quando compra orgânicos.

Há alguns anos atrás, os alimentos orgânicos eram muito caros e difíceis de encontrar. Porém, com o passar do tempo o número de produtores de orgânicos começou a aumentar e com a maior oferta, o preço diminui e fica mais acessível para a parte da população mais pobre.

Tenha uma horta em casa

Além de cultivar plantas para embelezar o ambiente, também é possível cultivar alimentos.

Os benefícios são imensos! Cultivando uma horta em casa você reduz produção de lixo, desmatamento, desperdício e não polui solos e rios. Um dos principais benefícios também é o fato dos alimentos cultivados serem orgânicos.

O contato, carinho e cuidado com as plantas e a terra ajudam na redução do estresse e fazem bem para a mente. Nada melhor do que viver em contato com a natureza!

Uma vez que os alimentos orgânicos no supermercado possuem preços elevados, outro benefício da horta em casa é a economia para o seu bolso. Ainda sobre dinheiro, se sua hortinha for um pouco maior você pode inclusive vender os alimentos cultivados.

Poder colher o alimento no momento ideal também faz com que você possa comê-los bem frescos!

Faça compostagem

Por meio da compostagem é possível transformar restos de alimentos em adubo para tornar o solo mais fértil. Uma vez que a maior parte da produção de lixo pelas pessoas é lixo orgânico, a compostagem reaproveita tudo aquilo que seria destinado aos lixões, contribuindo para evitar a proliferação de doenças e contaminação do solo, ar e água.

Você conhece o nosso trabalho de compostagem? A nossa empresa, chamada Ciclo Orgânico, realiza coleta domiciliar e compostagem aqui na cidade do Rio de Janeiro. Funciona assim: por meio de uma assinatura o cliente recebe um baldinho aonde vai armazenar todo o lixo orgânico produzido. Periodicamente nós passamos de bicicleta na residência do cliente para coletar seus resíduos, transformarmos em adubo e mensalmente a pessoa recebe um saco de adubo como recompensa.

Cozinhe suas refeições

Você sabe os ingredientes que usam nas comidas em restaurantes? Cozinhando em casa você tem consciência de todos os ingredientes usados (como por exemplo a quantidade de açúcar), além de saber se foram bem higienizados e manuseados corretamente.

A relação com a comida muda. Ao preparar refeições você acaba criando um ritual de apreciação, valorizando mais sua saúde e bem estar. Um bom incentivo para começar a cozinhar é preparar refeições para amigos e familiares, pois assim você pode se motivar com os elogios e perceber a importância deste ato.

Os alimentos que sobram durante o preparo podem ser utilizados em outras receitas ou até mesmo compostados, o que evita desperdício.

Aprecie o alimento corretamente

A primeira dica aqui é comer devagar. Quando comemos muito rápido, ingerimos pedaços maiores de comida (o que dificulta a digestão) e não saboreamos o alimento.

Além disso, existe o fato de o nosso cérebro receber a informação de que estamos saciados com um certo atraso, e, logo, quando comemos rápido o cérebro recebe a informação depois de termos comido muito, e aí já é tarde demais.

Outra situação que acontece um problema parecido é quando comemos assistindo televisão ou mexendo no celular. O que acontece é que comemos demais por não prestarmos atenção na comida e na mastigação.

Para uma boa mastigação, descanse os talheres por alguns segundos…

E aqui vão mais duas dicas para não comer demais: no caso do almoço e jantar, que são as refeições mais pesadas, demore entre 15 a 20 minutos para comer o seu prato.

E assim que acabar o primeiro prato, antes de partir para o segundo espere 10 minutos. Se a fome persistir é porque você realmente está com fome, mas se a fome passar é um sinal de que o seu organismo já está saciado.

Prefira alimentos sazonais

Cada fruta ou legume possui o tempo certo de plantar e colher. Os alimentos produzidos fora de época levam mais agrotóxicos, estimulantes de produção e água.

Já os alimentos produzidos na época certa possuem mais vitaminas, minerais além de serem mais baratos e saborosos. Sobre o preço, os alimentos fora de época são mais caros pois há menor rendimento na colheita…

Estar em sintonia com a natureza também nos traz consciência limpa e satisfação.

Evitando desperdícios

Você sabia que um terço dos alimentos produzidos no mundo são desperdiçados e vão parar no lixo? Portanto, confira algumas dicas para evitar isto.

Diminua a periodicidade das suas compras no supermercado. Compras mensais podem ter como consequência o desperdício de alimentos por passarem da validade, portanto, faça compras quinzenalmente ou semanalmente.

Muitas promoções no supermercado acontecem pelo fato dos produtos estarem perto da data de validade. Portanto, ao se deparar com promoções não esqueça de conferir isto.

Compre apenas o necessário! Antes de ir ao supermercado, confira os ítens que estão faltando na despensa e faça uma listinha.

Cascas de frutas, verduras e legumes possuem muitos minerais, vitaminas e fibras! Portanto, aproveite elas para fazer bolos, sucos, e doces! Existem diversas receitas na Internet! No caso de frutas com partes estragadas, corte fora a parte que não presta e consuma a parte boa.

Agradecimento

Este texto foi feito com o suporte da nutricionista Fernanda Dias (@fernandadias.nutricionista / fernandadias.nutri@hotmail.com). Obrigado, Fernanda! 🙂

Referências

restaurantedonachica.com.br/voce-sabe-o-que-e-o-slow-food/

catracalivre.com.br/equilibre-se/movimento-slow-food-tem-tudo-a-ver-com-equilibrio-saiba-por-que/

conquistesuavida.com.br/noticia/voce-ja-ouvir-falar-no-slow-food-entenda-o-que-e-o-movimento-da-comida-lenta_a8669/1

pfizer.com.br/noticias/ultimas-noticias/alimentos-organicos

vivamais.cemigsaude.org.br/cultivar-horta-em-casa/

ranchonapoleon.com.br/single-post/2018/02/26/6-motivos-para-ter-uma-horta-em-casa

jardineiro.net/importancia-da-horta-em-casa.html

uol.com.br/vivabem/noticias/redacao/2019/12/03/preguica-de-cozinhar-anime-se-com-8-beneficios-de-preparar-suas-refeicoes.htm

casapraticaqualita.com.br/noticia/5-motivos-para-cozinhar-mais-em-casa_a98/1

alimentodeorigem.com.br/blog/a-importancia-de-comprar-produtos-locais

nutsnutritionscience.com/single-post/2017/09/06/alimentos-sazonais

conquistesuavida.com.br/noticia/mastigacao-e-boa-digestao-entenda-como-essas-duas-praticas-se-completam_a6084/1

jasminealimentos.com/estilo-de-vida/como-evitar-desperdicio-de-alimentos/

casaredo.com/blog/2020/04/16/dicas-para-nao-desperdicar-alimentos/

Matheus Chiabi
Autor:
Matheus Chiabi
Sobre:
Matheus Chiabi, 27 anos, formado em publicidade. Gosta de escrever, fotografia, futebol e cerveja.
Mais artigos de: Matheus Chiabi

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*